VENHA REDESCOBRIR OS 400 ANOS DE JUNDIAHY


Um centro histórico interfluvial de 400 anos, cercado pelas águas do rio Jundiaí, rio Guapeva e Córrego do Mato e formado por um "espigão" que
 tem 400 anos de povoação lusobrasileira, 360 anos de reconhecimento como vila colonial e 150 anos de registro como cidade imperial.

Seus lugares possuem como referências o Largo da Matriz, o Largo do Pelourinho, o Largo São José, o Largo Santa Cruz, o Largo dos Andrades, o Largo da Cadeia, o Largo São Bento, o Largo do Chafariz, o Largo das Rosas, o Largo do Cemitério, o Largo São Jorge, a Barreira, a Ponte de Campinas, a Argos, a Esplanada do Monte Castelo (Escadão), a Ponte Torta, a Bela Vista.

E, claro, os antigos caminhos. A Estrada de Pirapora, a Estrada de Minas, a Estrada de São João de Atibaia, a Estrada Velha de São Paulo, a Estrada do Retiro.

E ainda os nomes antigos de ruas. A Rua Direita, a Rua dos Antunes, a Travessa do Pelourinho, a Travessa Imperial, a Travessa da Matriz, a Travessa do Triunfo, a Travessa da Padroeira, a Travessa das Casinhas. E a Rua da Palha, a Rua do Comércio, a Rua Nova, a Rua Torta. E os três rios.

Essa é Jundiahy, mais antiga que cidades como Ouro Preto e praticamente contemporânea de cidades como Paraty ou Santana do Parnaíba e surgida menos de um século depois de São Paulo.

Suas surpresas estão em detalhes ainda pouco explorados. O portal JUNDIAHY defende a proposta de um "legendamento" dessa paisagem, com pequenas placas indicativas de datas das casas e prédios, de fatos históricos dos largos e ladeiras, de uma educação ambiental e patrimonial de moradores e visitantes.

Se quiser ver também onde acontecem atividades culturais, vá para a agenda especial



MUSEU DE RUA              ROTEIROS LOCAIS                        NATUREZA URBANA
Pernambfachadaverdadeiragarca_no_rio

PHOTO          VÍDEOS                ARTE COTIDIANA                    NOTAS         
liberdadecasaraogrupoarnaldoantunes01
  

E mais: * CAUSOS  * PARA ESTUDANTES  * MEIO AMBIENTE  
       * PARA SABOREAR      * CRÔNICAS     * CENTRO ATIVO



FANSarte_em_acao_2bicicletada_A
Imagens cotidianas : FANS, Arte em Ação, Bicicletada


MEMÓRIA:

largo_da_matriz






















Largo da Matriz (ou Largo da Catedral) num 7 de Setembro no final dos anos 1940, avistada da já então rua Barão de Jundiahy ou antiga rua Direita, da frente do Solar, com a "moldura" do skyline da Serra do Japi ao fundo, uma jóia rara. Foto do Sr João Janczur, acervo Claudia Janczur Klovrza, enviada por Eduardo Klovrza Jr.    Parceiro: Sebo Jundiaí



                                                              Também apoiamos




              





contato@jundiahy.com.br

Museu  brasao_jundPernamb
  Site Map