LARGO DAS ROSAS



 

A região do Largo das Rosas tem como referência a praça Dom Pedro II e abriga tanto a convergência dos prolongamentos das ruas Direita (atual Leonardo Cavalcanti) e dos Antunes (atual Campos Salles). Outras vias referenciais são a rua São Vicente e seu prolongamento na rua Luiz Rosa.

 

Uma de suas atrações é a parte mais antiga da fachada do Hospital de Caridade São Vicente de Paulo (rua São Vicente de Paulo, 223) voltada para a praça, que abriga em seu interior um capela com belos vitrais doados por moradores. O prédio abriu na véspera do Natal de 1902 e foi criado pela Conferência Vicentina, formada em 1897.

 

Outra fachada no local é a da Casa da Criança Nossa Senhora do Desterro (rua Ulysses Jorge Martinho, 20) uma das creches pioneiras na cidade que ocupa desde 1931 o prédio inicialmente usado pela Escola Professor Luiz Rosa em 1917.

 

Também está ali na praça a fachada original da Fratellanza Italiana (rua João Lopes, s/n), instituição criada pelos imigrantes italianos e que durante a Segunda Guerra Mundial precisou mudar seu nome para Casa de Saúde Dr. Domingos Anastácio. A fachada, ainda com a data de 1924 na sua cimeira, está meio oculto por um muro posterior e integra o pronto atendimento PA Central.

 

Pouco depois está também a Praça Antonio Frederico Ozanam (na convergência das ruas Leonardo Cavalcanti e Campos Salles), onde um busto de bronze homenageia o fundador francês da Sociedade São Vicente de Paulo.

 

A área conta ainda com uma grande sede da Primeira Igreja Batista de Jundiaí (rua Leonardo Cavalcanti, 240), conhecida pela formação de músicos.

 

A região do Largo das Rosas abrange também a antiga encosta chamda de Ladeira das Lavadeiras no período colonial e ocupada na virada do século XX pelo imigrante italiano Sperandio Rappa (a posterior “Chácara Urbana”), que na virada do século XXI passou a ser foco central da especulação imobiliária. Nela estão atrações como o Ydaigorô Sushi Bar (rua Jorge Zolner, 331) ou o Shopping Paineiras (avenida Nove de Julho. 1.155), que durante décadas manteve árvores centenárias em seu interior.

 

O local abriga também uma tradicional Feira Livre (na rua Leonardo Cavalcanti) nas manhãs de terça-feira.

 

Faz ligações com o Largo São Bento e com o Largo do Cemitério pelas ruas Campos Salles e Leonardo Cavalcanti.

 

 
 
contato@jundiahy.com.br

Museu  brasao_jundPernamb
  Site Map